Projeto Azahar leva estudantes de Laranjeiras para conhecer o oceanário do projeto Tamar

Esta quarta feira, 15, foi de aprendizado e muita diversão para  meninos e meninas estudantes da Escola Municipal Prefeito José Monteiro Sobral, localizada no povoado Mussuca, município de Laranjeiras. Por meio de uma ação de educação ambiental promovida pelo Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras, 18 estudantes conheceram de perto o Oceanário do Projeto Tamar, em Aracaju. A visita foi concedida por meio de parceria firmada com o Projeto Tamar.

“Ao conhecer um dos primeiros Oceanários do Brasil, os meninos e meninas puderam ver de perto diversas espécies que vivem no ecossistema do litoral sergipano e animais marinhos. Mais do que uma atividade lúdica, esta visita teve o objetivo de sensibilizar os educandos para a conservação do ecossistema marinho e das espécies que vivem nos rios”, conta Aldjane  Moura, assessora de educação ambiental do projeto, explicando que os conhecimentos adquiridos na visita serão retomados em outas atividades de educação ambiental realizadas pelo projeto.

 

“Na sala de aula nós aprendemos através dos livros, mas é só a teoria. Hoje, além de sair da rotina da escola, vimos e aprendemos as coisas na prática, ao ar livre. É muito diferente da maneira como a gente aprende na escola”, avaliou a pequena Evely Santos Fraga, de 10 anos, estudante do 6º. Ano a Escola Municipal José Monteiro Sobral, que mesmo de férias escolares não hesitou em participar da atividade educativa no oceanário.

 

“Sair do ambiente escolar é revigorante e estimula os nossos estudantes não apenas por estarmos fora dos muros da sala de aula, mas sobretudo porque numa atividade como a de hoje é possível ensinar a partir da realidade. Os meninos e meninas puderam ver os animais em um ambiente que simula seu habitat natural. Partindo do concreto, é mais fácil para eles assimilar os conteúdos”, apontou Nazaré Correia Bispo, professora do 4º. Ano da Escola que visitou o projeto.

“Ao retornarmos a Laranjeiras, podemos trabalhar o que foi aprendido hoje por meio de exposições, oficinas sobre a preservação ambiental, trabalhos em grupos e diversas outras atividades pedagógicas”, planejou a educadora.

 

A assessora técnica do projeto Azahar explica que a metodologia das atividades de educação ambiental do Projeto Azahar voltadas para adolescentes e, especialmente, para crianças levam em consideração a idade a condição peculiar de desenvolvimento dos meninos e meninas. “Sempre buscamos promover ações que envolvam verdadeiramente os estudantes. Neste sentido, o lúdico é fundamental e sempre temos isto como norte de nossas atividades”, contou a assessora, que é geógrafa de formação e Mestre em Recursos Hídricos pela UFS.

O projeto Azahar: Flor de Laranjeiras é realizado pela Universidade Federal de Sergipe e Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de Sergipe (FAPESE) em parceria com a Petrobras, através do Programa Socioambiental.

 

Sobre o Oceanário 

 

Criado, mantido e administrado pela Fundação Pró-TAMAR, através da coordenação regional do Projeto TAMAR em Sergipe, o Oceanário de Aracaju reúne cerca de 70 espécies, todas nativas de Sergipe, que são expostas em 18 aquários (cinco de água doce e 13 de água salgada), incluindo um grande aquário oceânico, com 150 mil litros, abrigando cerca de 30 espécies.

 

Inaugurado em junho de 2002, o Oceanário de Aracaju é o primeiro do Nordeste e o quinto do Brasil e recebe, em média, 160 mil visitantes por ano. O Projeto Tamar é patrocinado pela Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental.

 

 

 

 

 

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print