Curso conecta comunidades, ecossistemas e biodiversidade locais

 

 

Realizado em um ano de grandes desafios socioambientais, o Curso de Especialização em Recursos Hídricos e Meio Ambiente pauta a importância da ciência e da educação para o fortalecimento de ações sustentáveis que preservem as águas, as florestas e as espécies da fauna e flora. O curso é uma iniciativa do Mestrado em Recursos Hídricos da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e conta com o apoio do Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras, realizado pela UFS  e FAPESE em parceria com a Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

O resultado deste trabalho é a produção de projetos científicos que conectam comunidades, ecossistemas e biodiversidade locais.  As pesquisas estão em andamento e distribuídas nas seguintes temáticas: qualidade da água, solos, Planejamento e gestão de recursos hídricos, hidrologia, educação ambiental, recursos hídricos, Metodologia do Ensino Superior e da Pesquisa e restauração florestal.

As aulas foram remotas por causa da pandemia e lecionadas por pesquisadores e também professores da Universidade Federal de Sergipe, além de convidados de outras instituições de ensino e ativistas socioambientais que compartilharam experiências e estudos na área de meio ambiente.

A iniciativa conta com 56 participantes, entre professores de escolas públicas, servidores da Universidade Federal de Sergipe e profissionais de vários campos de atuação. Os debates e experiências científicas compartilhadas resultaram em estudos que visam mudar a realidade local de comunidades onde os alunos do curso vivem e atuam.

A educação é parte central do Projeto Azahar e está focada em atividades de mobilização e de formação, sempre com alvo no município de Laranjeiras no estado de Sergipe. Assim resolveu-se ampliar o processo de formação e ofertar um curso de especialização em Recursos Hídricos e Meio Ambiente”, explica o professor da UFS, coordenador geral do Curso de Especialização em Recursos Hídricos e Meio Ambiente e do Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras, Antenor Aguiar

 

Projeto Azahar

O Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras tem por objetivo o fomento e desenvolvimento da segurança hídrica da bacia hidrográfica do rio Sergipe, com ênfase no município de Laranjeiras, por meio da racionalização e incremento de ações na área da educação ambiental para cuidado e aproveitamento dos usos múltiplos da água.

O projeto apresenta quatro eixos: educação ambiental, monitoramento hídrico, restauração florestal e pesquisas em segurança hídrica. A gestão dos recursos hídricos se insere no contexto das novas práticas para com os recursos naturais cuja realidade é antecedida por estudos que apontem e demonstrem as formas de apropriação e os níveis de suporte da relação homem-ambiente. Nesse contexto, a bacia hidrográfica é estabelecida como unidade de planejamento, sendo analisada como um sistema aberto, resultante da interação das ações humanas com os elementos e formas do meio físico e, dentre estes, em especial, a disponibilidade e qualidade das águas.

 

 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print